sábado, 12 de junho de 2010

A Liberdade...


Muitas das vezes vejo uma confusão. O que é realmente ser livre. Talvez seja fazer o que se quer, a hora que quer, da maneira que quer. Mas ultimamente vejo que isso são vontades, e não realmente ser livre.
Ser livre é fazer aquilo que se gosta, da maneira que gosta, sem imposições. O fato de estar só nem sempre significa ser livre. Se você realmente está só e não atingiu o auge da sua felicidade, de que adiantou essa tal liberdade? A liberdade de estar com quem se quer, fazer o que se quer, da maneira que se quer, sem medo de ser feliz, mostra uma liberdade bem mais interessante, ser livre na vida não é estar só, e sim fazendo as coisas com a pessoa que é tão bom que se parece estar livre. Aí mora a verdadeira felicidade, a liberdade da vida acompanhado da liberdade e sua melhor companheira, aquela que ser livre é fazer tudo junto com ela dividindo todos os momentos.
Essa tal liberdade que nos prende a alguém, mas que ainda assim consegue ser a liberdade que todos procuramos, porque se ser livre e só fosse o melhor, ninguém teria o pensamento de uma vida a dois. E talvez tudo se resuma a uma liberdade a dois.